CASE: GRUPO JPDV INOVA E SE FORTALECE COM MÁSCARAS FACE SHIELD

A pandemia do coronavírus colocou o mundo em estado de alerta máximo no primeiro semestre de 2020. Se por um lado essa triste situação trouxe grandes e incontestáveis dificuldades, por outro deu margem para novas oportunidades. Além, claro, de permitir um novo jeito de enxergar a vida.

Dentro desse contexto, o Grupo JPDV, do qual a Copolândia faz parte, em vez de recuar, se mobilizou para encarar de frente essa realidade. Uniu criatividade e ousadia para sustentar os negócios e, ao mesmo tempo, ser parte da solução e contribuir com a sociedade. Foi assim que nasceu mais um case de sucesso dentro do Grupo: a produção e venda de máscaras face shield.

“A ideia de fazer as máscaras face shield veio em um momento em que os nossos negócios estavam praticamente paralisados. Então, olhamos para dentro da nossa estrutura, entendemos o que temos e, ao mesmo tempo, o que o mercado estava precisando, e aí apareceu a ideia de desenvolver e produzir as máscaras”, explica Antonio Vital, Diretor Comercial do Grupo JPDV.

Poucos meses e muitas máscaras vendidas

O resultado? Um verdadeiro sucesso, que fez enorme diferença nos negócios da empresa, além de impactar positivamente as pessoas em razão de se tratar de um produto desenvolvido para preservar vidas. Em menos de quatro meses, foram mais de meio milhão de máscaras vendidas, tanto para hospitais, escolas, lojistas, quanto para pessoas que buscavam meios de se proteger da covid-19. Lidar diretamente com o público final, inclusive, foi uma novidade para o Grupo JPDV.

“Aqui pensamos fora da caixa. Nunca tínhamos feito esse produto antes, nem tínhamos trabalhado com a venda direta para pessoa física via e-commerce. Tudo deu muito certo porque temos um time altamente qualificado, o que nos permitiu criar uma máscara eficiente do zero. A proximidade entre criação e produção faz com que a gente ganhe em excelência nos produtos e agilidade nos processos. Em um dia fazemos o que algumas empresas fazem em semanas, e num custo reduzido. Isso nos dá grande vantagem competitiva”, acrescenta Vital.

Por fim, o sócio destaca a força das empresas que formam o Grupo JPDV. “A produção e a venda das máscaras foi a base de sustentação nesses meses mais difíceis da pandemia, e isso só foi possível graças a estrutura sólida que temos internamente. Contratar e investir no momento em que muita empresa demitia prova nosso real valor”, encerra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *