CONSUMO CONSCIENTE: COMO TRAZER ESSE CONCEITO PARA AS NOSSAS VIDAS

Nós, indivíduos, somos seres únicos no planeta. E, ao mesmo tempo, não estamos só. Somos parte de um todo, é por isso que cada Ser tem fundamental importância na sociedade.

Com essa consciência, fica mais fácil compreender o papel de cada um de nós, incluindo aqui o consumo. E quando unimos essas duas palavras, consumo e consciência, a mágica acontece porque encontramos um caminho de vida sustentável.

O mais interessante disso tudo é perceber que a mudança está em nossas mãos, não depende de ninguém. E não é algo para o futuro, mas para o presente, o aqui e agora. Até porque o planeta precisa de todos nós.

Quer ver? Você sabia que, atualmente, nós consumimos 30% mais recursos da natureza do que a Terra tem capacidade de recuperar? Essa questão mostra a necessidade do despertar para o consumo consciente. Temos que cuidar do planeta, não podemos adiar.

Consumidores: o poder está em nossas mãos

Nunca é demais lembrar: todo tipo de consumo gera algum impacto na sociedade e no meio-ambiente, seja ele positivo ou negativo. Detalhe: estamos consumindo a todo momento. Por isso, se faz necessário uma atenção plena ao consumo consciente.

A boa notícia é que podemos trazer esse conceito para as nossas vidas. Porque, no fim das contas, o consumo consciente é um modo de vida, uma ética presente em nosso cotidiano. É, em síntese, ter clareza que cada ação pode influenciar no meio-ambiente.

Logo, um consumidor consciente pensa muito bem em todas fases da cadeia de consumo. Considera o que vai comprar e, mais ainda, de quem vai comprar. Além disso, o consumidor consciente se atenta com o descarte daquilo que não serve mais, cuidando assim do início ao fim desse processo.

Trata-se de um olhar apurado para o meio-ambiente, que preserva a saúde de todos os seres vivos e valoriza as relações profissionais saudáveis. E acenam de forma positiva para empresas que deixam claro seu compromisso com o meio-ambiente e a natureza.

Como é possível observar, o consumo consciente nada mais e do que uma atitude diária, solidária, voluntária e coletiva. Ou seja, é individual, mas tem compromisso com a sociedade. É uma ideia que pode (e deve) ser propagada.

Reduzir, Reutilizar e Reciclar

Podemos sintetizar ainda o consumo consciente em três conceitos simples que podem ser adotados no dia a dia. São eles: reduzir, reutilizar e reciclar.

O primeiro item, reduzir, nos lembra da importância de consumir com responsabilidade, isto é, não apenas comprar menos (o que, além de sustentabilidade, gera economia), mas também adquirir produtos que geram menos resíduos para o meio-ambiente e, ao mesmo tempo, tenham maior durabilidade.

Já o segundo, reutilizar, sugere eliminar os descartáveis e optar por produtos que possam ser reaproveitados, como os copos plásticos, por exemplo. Além disso, é aproveitar ao máximo embalagens, como potes de sorvete, por exemplo, que podem ser utilizados novamente para outros fins, como armazenamento de alimentos ou outros materiais diversos.

Por fim, o reciclar pede a destinação correta do lixo que pode se tornar a matéria-prima para a produção de outros objetos. A separação e a correta limpeza de plásticos, vidros, latas, papéis, entre outras coisas, são primordiais.

Com essas atitudes, você faz sua parte como cidadão e também pode inspirar muitas outras pessoas. A Copolândia apoia essas ideias de consumo consciente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *