Responsabilidade Ambiental

RESPONSABILIDADE AMBIENTAL COMO PREMISSA DIÁRIA PARA TODOS NÓS

Preservar os recursos naturais e cuidar do planeta Terra é função de toda a sociedade, sem distinção. Indivíduos, empresas, organizações não-governamentais e os próprios governos têm (ou deveriam ter) esse compromisso. No século XXI, a era da informação, a responsabilidade ambiental é uma premissa básica, que deve estar na agenda diária de cada um de nós. Você já parou para pensar nisso?

Até porque, nunca é demais lembrar, as nossas ações vão impactar positiva ou negativamente não só o momento presente, mas também o futuro, que não está tão distante assim. Ou seja, a vida das próximas gerações, incluindo nossos filhos, sobrinhos, netos, bisnetos e assim por diante.

Quando falamos em responsabilidade ambiental, não precisamos fazer grandes reflexões e pensar em mega estratégias que demandarão recursos extras e altas doses de energia. É claro que processos elaborados e grandiosos devem ser valorizados e constarem nas práticas cotidianas de grandes corporações e governos, tanto das esferas municipal, estadual e federal.

Atitudes simples que fazem a diferença

Mas, a decisão de uma prática responsável do ponto de vista ambiental passa por atitudes individuais e simples, que às vezes podem passar despercebidas no dia a dia. A dica? Estar consciente e alerta o tempo todo. Para ajudar nessa tarefa, listamos algumas ações básicas que podem ser incorporadas hoje mesmo, sem exigir grandes esforços, porém altamente impactantes.

Economia de água

A água é um bem precioso e fundamental para a vida terrena. Portanto, é um elemento que deve ser muito bem cuidado. Eliminar o desperdício é o primeiro passo. Tirar algum vazamento na casa, fechar a torneira enquanto escova os dentes, diminuir o tempo no banho são atitudes plenamente possíveis e que valem muito a pena pensando não só na sua vida, mas no todo.

Redução no consumo de energia

O alto consumo da energia também pesa quando falamos de preservação da natureza. Logo, alguns cuidados elementares nunca é demais. Por exemplo, abrir as cortinas e aproveitar a luz natural, apagar as luzes quando não se está no ambiente, preferir máquinas e equipamentos eletrônicos mais modernos e que consomem menos energia são atitudes muito válidas.

Separar e reciclar o lixo

A reciclagem ainda é um assunto incipiente no Brasil. Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), em 2018, o país gerou 79 milhões de toneladas de lixo, dos quais estima-se que apenas 3% tenham sido de fato reciclados. Mais do que exigir dos órgãos competentes ações mais eficientes, podemos começar fazendo a nossa parte. Reduzir a geração de lixo com um consumo mais consciente e separar o lixo orgânico do reciclável já é um grande avanço.

Eliminar os descartáveis

Por falar em lixo, um dos grandes vilões do meio-ambiente são os descartáveis. Assim, vale o empenho para definitivamente colocar um ponto final no uso de descartáveis, sobretudo os copos, que ainda são utilizados aos montes. Nesse caso, os copos reutilizáveis são o melhor caminho. São muito mais responsáveis do ponto de vista ambiental. E, também, mais agradáveis de se usar.

Todas essas são medidas simples, mas que contribuem de forma significativa para o cuidado com a natureza. Faça a sua parte dentro de casa, e leve essas ideias para a sua empresa, se puder. Porque a responsabilidade ambiental é de todos e para todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *